segunda-feira, 24 de julho de 2017

Capitalismo e democracia

Posso perceber que do ponto de vista dos mais ricos a democracia é um estorvo, com seus impostos, suas leis que limitam a exploração humana e que protegem o ambiente e as comunidades vulneráveis, mas não podia imaginar que houvesse um plano secreto, elaborado por bilionários norte-americanos em torno do Prêmio Nobel de economia James Buchanan, um plano detalhado para demolir a democracia insidiosamente em todo o mundo.

É isto que nos revela o livro de Nancy MacLean: Democracy in Chains: the deep history of the radical right’s stealth plan for America (em tradução livre: Democracia Capturada: a história do plano secreto da direita radical para os Estados Unidos).

Um comentário de George Monbiot sobre o livro pode ser encontrado AQUI .

Para se ter uma ideia da importância do plano, James Buchanan foi conselheiro do ditador Pinochet no Chile, onde apoiou os assassinatos de todos os opositores ao regime. As ideias de Buchanan formam a base das chamadas “REFORMAS” neoliberais em todo o mundo, inclusive no Brasil, que pretendem desmontar o sistema público de saúde, destruir os sindicatos de trabalhadores e a previdência social, privatizar o ensino e desregulamentar totalmente os contratos de trabalho, assim como querem a eliminação da proteção ao meio ambiente. 


E todas estas manobras são feitas com o discurso de que pretendem “modernizar”, “salvar a previdência”, “melhorar a gestão da saúde e da educação”, etc.

Na luta entre a democracia e o capitalismo, quem está perdendo somos nós, os 99%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário que será enviado para o LOR.