quarta-feira, 7 de junho de 2017

Atletas brasileiros confiam no SORTEIO!

Todos sabemos que os atletas profissionais são as personalidades públicas que mais encarnam os ideais da meritocracia, ou seja, reforçam diariamente a ideologia de que tudo o que você desejar com força (especialmente no sentido literal da palavra força) você consegue.

Assim, eles deveriam ser opositores naturais da campanha de reforma eleitoral para introduzir o SORTEIO JÁ! como o melhor método para escolher 2/3 de todos os cargos eletivos, que seriam sorteados entre a população brasileira em idade de votar e com a ficha limpa.

No entanto, todos os atletas confiam no sorteio como método imparcial e justo quando são realizadas as tabelas de campeonato. E nós sabemos que as tabelas são fundamentais na chance de um time chegar às finais do campeonato.

Também confiam no cara ou coroa do juiz para a escolha do lado do campo ou do pontapé inicial.

Por outro lado, os atletas desconhecem que suas vidas dependem muito mais da casualidade do que eles imaginam, apesar de nossas crenças em favoritos, históricos, tamanho da torcida e vontade de vencer (ver o interessantíssimo livro de Leonard Mlodinow: "O andar do bêbado – como o acaso determina nossas vidas" - CLIQUE AQUI )

Se aceitamos que o sorteio é parte inseparável do futebol, por exemplo, que é uma atividade fundamental, indispensável, vital em nossas vidas, por que não aceitar o SORTEIO JÁ! para melhorar a política, já que ela se tornou uma coisa menor depois que foi sequestrada pelo capital financeiro?

Nada há a Temer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário que será enviado para o LOR.